TÁ MÍLE FÁILTE ROIMH - YN FIL O WEILHAU CROESO - ARE A THOUSAND TIMES WELCOME - SEJAM MIL VEZES BEM VINDOS

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

OS ANIMAIS E SUAS REPRESENTAÇÕES

"A magia dos animais habita em teu coração, chama esta energia secreta e realize logo o impossível".
- CERNUNNOS, Senhor dos Animais -





Salmon

O salmão foi considerado pelos celtas como um dos mais antigos e sábios animais. Em um mito irlandês,o salmão nadava pelo rio Boyne, quando de uma árvore de avelã pendente que havia sob ele, caíram nove castanhas da sabedoria poética. Elas foram consumidas pelo salmão, que absorveu a inspiração que se achava encapsulada nelas. O salmão, em seguida, foi comido por Fionn Mac Cumhal, que posteriormente adquiriu o conhecimento de todas as coisas e depois se tornou o líder dos Fianna, um exército irlandês de imensa força. Segundo a lenda celta do "Antigo Livro Branco", Fintan foi capaz de assumir a forma de animais, um dos quais era o salmão. Os salmões também seriam os animais que levariam Gwrhyr ao Mabon e eventualmente em direção da sabedoria e o renascimento.
Representam a sabedoria / conhecimento / inspiração / rejuvenescimento



Seagull


Embora esta ave marinha não figure na lenda celta, que é ligado ao Lir, o Deus do Mar, como muitas outras aves, foi considerado como um mensageiro do Outro Mundo.
Representam a conexão com o Outro Mundo




Seahorse (Hippocampus)

Uma figura importante na mitologia celta, o cavalo marinho ou hipocampo, muitas vezes é retratado com conexões significativas com o Outro Mundo e é simbolizado com cauda de peixe. Acreditava-se que o hipocampo convidava um indivíduo a embarcar em uma viagem de descoberta. Muitas culturas celtas consideravam esta criatura como um dragão bebê.
Representam confiança / graça / descoberta



Seal


Para os povos celtas, o mar que cercava suas terras era um lugar de maravilha e mistério. No folclore escocês as focas (Selkies, ou fadas-foca), se transformam em jovens donzelas quando emergem do mar. A foca é considerado um animal mágico pela sua capacidade de sem esforço desaparecer sob a água provocando somente um pouco de ondulação. Em geral, elas combinam sem esforço, o lúdico com muito trabalho. É a foca que nos permite manter contato com a nossa criança interior. Em seu ambiente natural, são confiáveis, rápidos e graciosos, movendo-se facilmente através das profundezas das águas. Em terra, porém é inábil, desajeitado, lento e muito mais vulnerável aos perigos. Em particular, o lúdico significa que eles podem tornar-se facilmente distraídos e abaixem a sua guarda.
Representam o amor / sensibilidade / felicidade / criatividade / intuição / tranqüilidade / compaixão.




Rooster

Em várias lendas celtas, o galo afugenta os fantasmas e terrores noturnos pelo seu cantar ao amanhecer.
Representam o poder de afastar a negatividade





Raven

Os celtas celebravam o New Year's Eve, "Samhain", em 31 de outubro, uma noite de magia sobrenatural, quando os espíritos de seus ancestrais apareciam para os moradores em meio às festas. Este festival sobrevive como Halloween. Os irlandeses representam a deusa Morrigan, como um corvo. Os nascidos na época de Samhain são abençoados com visão e poder. Foi alertado de que um grande cuidado deve ser tomado quando se lida com este animal totem importante dos celtas. Este pássaro também está ligado à Bran o Abençoado. Em galês, "Bran" significa "corvo". Apesar de sua reputação às vezes duvidosa, o corvo era considerado um pássaro oracular, freqüentemente representando as perturbações e crises da vida, que eram consideradas necessárias para qualquer coisa nova a ser criada. Os druidas acreditavam terem a capacidade de mudar para a forma de todos os pássaros e os animais, mas entre as suas escolhas a favorita foi a do corvo, assim como a da águia.
Representam cura / defesa / profecia / visão / poder


Rat

Os ratos não são mencionadas favorável mente no folclore celta, mas eles têm o seu lugar em viagens xamânicas. Ratos ficam escondidos, por vezes são agressivos, são criaturas que podem rastrear o que procuram, defendendo-se com grande ferocidade.
Representam auto-defesa / encontrar o que você procura.



Badger

Um animal dito possuidor de uma coragem inabalável frente ao perigo, o texugo foi notado por sua tenacidade.
No conto galês de Pwyll ao cortejar Rhiannon, um texugo foi mencionado como um guia durante o sonho.
O Texugo foi o símbolo da luta pelos direitos individuais e da defesa de idéias espirituais pessoais.
Os atributos do texugo são a coragem, a tenacidade, o sonho de orientação e de individualidade.

Bat

O símbolo do morcêgo nos ajuda a evitar os obstáculos da vida.
Na lenda celta, os morcêgos foram associados com o submundo.
O radar de morcego ajuda a evitar os obstáculos e barreiras que encaramos em cada etapa de nossa passagem nessa vida.




Bear

O urso era considerado um espírito protetor nos reinos e outro protetor dos sonhos e da morte - a mitologia que o rodeia não o dissocia do seu retiro de inverno em cavernas (ou do Submundo) para hibernar. Na primavera, a fêmea emerge de sua hibernação de inverno do ventre da mãe terra trazendo seus filhotes. Isto levou o urso a estar associado com a regeneração, renascimento e é adotado como um símbolo solar.
Os ursos são conhecidos por protegerem seus filhotes com uma ferocidade inigualável, usando toda a sua força e coragem para protegerem sua prole vulnerável. O urso representa um símbolo do sonho e quando nos entregamos ele, deixa-nos receptivos e alimentados pela Grande Mãe. Como o urso é um combatente feroz e poderoso, seu nome também foi adotado por reis e guerreiros.
Representam realização, instinto primitivo, coragem, força, harmonia e maternidade.



Bee

A abelha é diligente e sincera ao executar uma tarefa e trabalha para o bem maior da comunidade, realizando suas tarefas com dedicação altruísta.
As abelhas são corajosas ao defender a sua casa e possuem uma picada na proporção dos que excede em muito o seu tamanho.
Representam organização / comunidade / laboriosidade concentração / prosperidade.




Javali

Importante para a arte e os mitos dos celtas, o javali (uma vez que era comum nas ilhas britânicas) era conhecido por ser esperto e feroz. Em batalhas e guerras os celtas ostentavam chifres e a figura de uma cabeça de javali, e os seus escudos foram decoradas com gravuras de javalis, e os valores deste animal foram montados em cima de seus capacetes.
Diziam que o javali conduzia os Celtas em batalha e mostrava a sua direção para seus guerreiros.
Acreditavam também que a pele do javali tinha poder de curar feridas. Um javali lendário foi Orc triath, de propriedade da Deusa Brigit. Nos contos de Artur, o javali conhecido como "Twrch Trwyth" foi um dos mais terríveis inimigos de Arthur. Dizem que o Javali Branco de Marvan tinha a capacidade de inspirar o seu mestre a escrever música e poesia.
Representam a inspiração artística / astúcia / introspecção / cura.



Bull

Os Touros eram animais comuns nas figuras da mitologia celta. Certos rituais de adivinhação exigiam o sacrifício de um touro branco. No conto do Tain Bo Cuilgne (Cattle Raid of Cooley), dois touros especiais são cobiçados pelos dois governantes. Dizem que o taroo-Ushtey (Água Bull) assombra a Ilha de Man.
Representam a força / fertilidade / regality / riqueza




Butterfly

Muitas culturas acreditavam que as borboletas eram as almas dos mortos e que eram detentoras de poder.
Tradicionalmente, dizia-se que não se experimentava energias negativas em qualquer área do Outro Mundo onde as borboletas pudessem ser encontradas. Elas eram um símbolo da liberdade das restrições auto-impostas e davam a capacidade de resolver problemas com maior clareza.
Representam as fadas / a fé / a clareza / a liberdade.




Cat

Os celtas acreditavam que o gato trazia-nos a totalidade e agia como um elo espiritual entre o homem e o universo. Trata-se de magia, mistério e ser independente. O gato, uma criatura que combina um alto grau de sensualidade com uma natureza profundamente psíquica e espiritual , ensina-nos que os mundos físico e espiritual não são separados, mas um. Gatos têm sido relacionados com o mistério e sedução desde antes dos antigos egípcios. A imagem tem sobrevivido através da idade média, quando imaginaram serem eles familiares de bruxas. Até hoje, pensam-se terem eles habilidades especiais e compreensão das coisas que normalmente não estão disponíveis para os seres humanos. keeper Muitos gato apresentam comportamento estranho, como perseguir algo invisível sobre uma casa e detectar um clima estranho antes da sua chegada. Os gatos selvagens e domésticos são sagrados para a Deusa no folclore celta. Muitos clãs escoceses adotaram o gato doméstico como seu animal totem, e o clã MacBain utilizava o gato selvagem. Os gatos eram portas para o Outro Mundo e estavam encarregados pela educação e pelos seus tesouros. Os escoceses contam a lenda do Poderoso Rei dos Gatos que poderia responder a qualquer pergunta, e a dos Sith Cath, o Gato das fadas, com os olhos verde-escuro e as orelhas extremamente longas. Diz a lenda que no País de Gales, a Deusa Brigit tinha um companheiro gato, e também há uma outra lenda arturiana que conta a história do terrível monstro Palug, gato morto pelo Rei Arthur.
Representam a criatividade / sensualidade / nobreza / ferocidade / profecia / proteção



Cow

O gado era tão importante para os Celtas, que era considerado uma forma de moeda ou câmbio monetário. Antigos senhores irlandeses eram conhecidos como bo-aire ou vaca-lord. A vaca era sagrada para a Deusa Brigit.
Representa contentamento / defesa da criança interior / abundância / fertilidade.



Cranes

As gruas são bonitas e graciosas aves de vida longa, concebidas pelos Celtas para serem mensageiras dos deuses. Eles são relacionados com a inteligência, a partilha de responsabilidades (ambos os progenitores incubam os ovos) e como sendo protetora dos jovens. Se ameaçadas, as gruas podem ser agressivas, mas tendem a recorrer a um sistema complexo de comportamentos de risco para evitar a batalha direta. Diz-se que é o primeiro pássaro a saudar o nascer do sol, e é reconhecida com a capacidade de prever chuvas e tempestades. As Cranes(gruas) representam estados superiores de consciência e de comunhão com os deuses, assim como a sabedoria e inteligência. Diz-se que a inteligência e disciplina da grua ensinaram ao homem a regulamentação do governo. Para aqueles que se identificam com a grua, não é bastante possuir conhecimentos, mas é necessário possuir autoconhecimento, que sem dúvida, é a mais importante forma de compreender o que existe. Uma posterior tradição celta (aparentemente originária após a chegada do cristianismo) afirmava que as gruas foram pessoas que estavam pagando penitência por má conduta. A grua foi associada com Lir, o Deus Celta do Mar, que fez a sua bolsa a partir da pele dessa ave. A Crane também era sagrado para a Deusa Tríplice e às vezes conhecido como o "Moon Bird"( Pássaro da Lua).
Representam manutenção de segredos / busca de mistérios mais profundos e da verdade / sabedoria / inteligência / disciplina.



Dolfin

O Golfinho foi associado com as divindades do mar. Trata-se de sonhos e harmonia, e reconhecendo um equilíbrio entre os ritmos de seu corpo com as da natureza.
Representam os sonhos / harmonia com a natureza equilíbrio


DRAGONS

Existem numerosas referências a dragões na mitologia celta. A maioria das culturas tem considerado o dragão como um morador benevolente de cavernas, lagos e interior da Terra. Nos tempos antigos, era um símbolo de riqueza e era associado não só com a força dos elementos (em especial a da terra), mas também com o tesouro da mente subconsciente. Dragons muitas vezes podem aparecer com várias formas: na água, aparecem como uma serpente ou em forma verme-fera, ou também com a mais conhecida representação que é a alada.
De uma forma geral, representam a inspiração / imaginação / riqueza / poder / vitalidade.

Vejamos agora cada uma das várias interpretações dos dragões.




- Dragon, Air:

O dragão representava as forças sobrenaturais que guardava grandes segredos e tesouros do universo. Os celtas também associavam os dragões com os elementos da natureza. Alguns celtas acreditavam que os descendentes dos deuses, nossos irmãos mais velhos, são os quatro elementos. Cada um desses elementos influenciava aspectos específicos de energias e qualidades e eram governados também, por um ou outro aspecto feminino ou masculino da divindade. O ar é um elemento masculino que governou - O envelhecimento do álcool, e está associado com o aspecto do Velho.
Representa a intuição / inspiração / imaginação / riqueza





- Dragon, Earth:

Está associado com o aspecto Ancião da Deusa. Beltane celebra o Deus Celta Bel, e Bel tane-significa "fogo brilhante", iluminado para marcar o retorno do sol. May Eve fogueiras despertam o dragão adormecido na energia da terra, garantindo a fertilidade de culturas e gado. Energia e vitalidade são atributos das pessoas nascidas em Beltane.
Representam criatividade / inspiração / imaginação / riqueza / poder / vitalidade.




- Dragon, Fire:

Fogo é um elemento masculino e governa o espírito jovem, está associado com o aspecto criança do Deus.
Representa força de vontade / inspiração imaginação / riqueza.




- Dragon, Wather:

A água é um elemento feminino que governa o espírito jovem. O dragão de água é associado com o aspecto de Donzela da Deusa. A Água representa intuição, gestação, capacidade psíquica, e do subconsciente.
Representa coragem / intuição / gestação / habilidade psíquica / subconsciente.





Eagle

A Águia de Ouro, outrora simbolizava a alma, significando o poder da vida sobre a morte. Representou também uma metamorfose ou a mudança de espiritualidade em todos os níveis. Agora, quase extintos na Grã-Bretanha, esse pássaro magnífico é raramente vista exceto no norte da Escócia. Scottish Highland Chieftains ainda usam três penas de águia de ouro sobre suas cabeças para proclamar a sua classificação elevada. Os druidas acreditavam que os deuses tinham a capacidade de mudar para a forma de todos os pássaros e os animais, mas dentre as suas escolhas a favorita foi a forma de águia, assim como a do corvo e a da gralha.
Representa a ressurreição / renascimento / sabedoria / realidade / visão aguçada.



Fox

A raposa é um animal astuto e matreiro, dotado de capacidade de fazer de tolos aqueles que o perseguem.
Representa a habilidade na diplomacia e astúcia




Frog

O sapo é um símbolo do xamanismo e magia. Ele pode ensinar você a pular rapidamente de um nível de consciência para outro, a partir deste mundo para o Outro Mundo. O sapo também pode ajudá-lo a encontrar a coragem para aceitar novas idéias, alimentar-se e encontrar conexões entre as idéias.
Representam a magia / aceitação




Goat

Relacionada com inverno, a cabra lendária celta Sidellu Gwynder que significa "brancura spinning"e que pode ser vista correndo em volta das sete colinas de Ascot em uma lua azul. O Gwynder Sidellu foi considerada bonita e abençoada. As pessoas que se identificam com ela, têm um senso de propósito interior e muitas vezes são muito atraentes.
atracção / propósito interior.




Goose

Tal como acontece com a maioria das aves no folclore celta, o ganso representa o conhecimento profético, derramamento de sangue e habilidade. O ganso foi considerado como símbolo de uma mensagem ou mensageiro do Outro Mundo, tal como a lebre e a galinha, o ganso foi proibido para servir de alimento dos antigos bretões. Eles poderiam ser sinais de portadores do bom ou do mal, da sorte, presságios de morte ou sacrifício de animais. A interpretação dos padrões de vôo, os hábitos e as canções dos pássaros foram todos os métodos pelos quais o conhecimento dos eventos futuros poderia ser ditos ou serem evitadas as circunstâncias infelizes. Monges Celtas utilizavam o ganso selvagem como um símbolo do Espírito de Deus. Ossos de gansos foram encontrados enterrados nos túmulos de guerreiros da Idade do Ferro céltica.
Representam velamento / direção / vigilância / paternidade.




Gryphon

Essa besta mítica tem a cabeça e as asas de uma águia, e do corpo e da cauda de um leão. Ele ensinou os celtas para combinar vários traços positivos na força, mas mantendo discrição e ver a verdade. O Grifo simboliza proteção grande magia e poder.
Representa discrição / verdade / proteção / magica.



Hare

A lebre era um dos animais, especialmente sagrado para os seguidores da Deusa Andraste . Os movimentos da Lebre às vezes eram usados para adivinhação. Diz-se que a Guerreira Celta Boadiccea, usou a Lebre de uma forma adivinhatória pouco antes de sua última batalha com os romanos.
Representam transformação / adaptação / ensinamentos ocultos / intuição.



Hawk

A tradição celta lista o mais antigo animal como o falcão de Achill. Assim como acontece com muitas outras aves, o Falcão é tido um mensageiro dos vários mundos. No entanto, note-se, que é considerado como sendo mais hábil e mais forte do que a maioria dos outros de sua espécie. Ouvir o grito de um falcão durante uma viagem é uma indicação de que seria prudente estar alerta para situações futuras que exigem coragem e determinação, a fim de manter-se forte e consciente de que as forças sem equilíbrio estão sendo jogadas fora. O falcão foi considerado um pássaro nobre que trouxe o sol, dentro de suas penas, possui ndo a habilidade de expandir a possibilidade de progresso. Foi dito que Merlin muitas vezes se transformou em um falcão pequeno, talvez seja a razão pela qual, hoje, o membro menor da família do falcão é conhecido como Merlin. Dois cavaleiros que se sentaram à mesa redonda de Arthur tenham levado o nome do Falcão: Gwalchmai o "Falcão de Maio" e Gwalch-Y-Tinha o "Falcão do verão - mais conhecidos, respectivamente, como Sir Gawain e Sir Galahad.
Representam visão clara / conhecimento / determinação.


Hedgehog

Um símbolo celta de rejuvenescimento e da primavera, o ouriço é uma criatura adorável e inspiradora. Nativo ao hemisfério oriental, esses animais minúsculos são úteis em manter os erros nocivos sob controle. Quando o ouriço está feliz e seguro, seu pêlo é macio. Quando assustado, o animal se transforma em uma bola de espinhos, ensinando-nos a sermos menos defensivos, a fim de desfrutar e apreciar mais a vida.
Representam valorização da vida / rejuvenescimento


Heron

As Garças são bonitas, graciosas e são aves de vida longa. Os Celtas conceberam as garças para serem mensageiros dos deuses, pois eles acreditavam que elas eram dotadas de inteligência. Representavam excentricidade / paciência / solidão / independência




Horse

Um animal muito popular entre os celtas, o cavalo foi considerado como um guia fiel ao Outro Mundo, e foi consagrado à Deusa Epona. Ainda hoje, o cavalo branco é considerado sagrado e protegido por um latão reluzente para afastar o “mau-olhado". Na Escócia, Kelpies iria transformar-se em cavalos, a fim de atrair os viajantes em seu reino. Embora predominantemente conectado com as figuras da Deusa, o cavalo também é uma criatura solar, que sugere a existência de equilíbrio entre o masculino e o feminino.
Representam poder / resistência / resistência fidelidade / equilíbrio




Hound

Os cães sempre foram tidos em alta estima pelos Celtas, e eram considerados como um amigo e protetor. "A Batalha Fearsome Hound" é destaque em muitos mitos celtas. Em geral, os cães eram representativos de monitoramento de competências, tendo capacidade para farejar um rastro e a qualidade de companheirismo. O Cão Branco foi um título de honra para os chefes celtas e o representante dos cães que guardavam os mistérios lunares. Os cães eram sagrados para as fadas da Irlanda e da Escócia, provavelmente porque foram tidos em alta pelos Tuatha de Danann. Muitos mitos celtas envolvem cães ou familiares dos cães, que pertenciam a figuras heróicas ou divindades, e muitas vezes eram vistos nas guerras lutando com eles. São um símbolo arquetípico de metamorfos.
Representam companhia / proteção / resistência lealdade / orientação / proteção




Hounds Cwn Annan CWN Annan

The Hounds of the Underworld, CWN Annan, contos impressionantes e excitantes animavam o povo celta, em caçadas selvagens delimitadas por todo o céu da noite fria. No País de Gales, dizem que aparecem de repente em torno de Eve St. David's.
"... Porventura tu nunca ouviste falar do folclore Cwn Annan?
Em uma noite de inverno abandonada, onde a lua não brilha, eles não vieram a ti? Espectros fantasmagóricos, a dança de cães na expectativa da caçada, olhos e orelhas num brilho sobrenatural carmesim. Sangue. Eles se contorcem e uivam de uma forma não de cães mortais. Não, estas criaturas estão entre os mortos, do baixo mundo. Correndo por todo o céu noturno, eles esperam por seus donos para aqui chamá-los para a caça. Hath tu nunca ouviu falar baías tristes que se desprendem na calada da noite? Ou que apenas deu-los para uma mera fantasia da mente, ou os ventos sussurrando através da árvore. Fools noções, eu digo-te. Só um tolo não tomará nenhuma notificação dos contos de idade. Porém, quando os cães vêm a ti, tu verás a fúria destemida dos que estão por trás dos olhos escarlate como wisp as almas dos incautos viaja na noite Hunts. Apenas os tolos não dão atenção ao Cwn Annan."
Representam o mistério / o oculto das profundidades



Lizard

Um dos poucos répteis reconhecidos como sendo útil para os celtas, o lagarto simbolizava o plano sombrio de manifestação onde os eventos estavam constantemente mudando de forma e padrão. Acreditava-se que ver um lagarto durante uma viagem alertava os viajantes a estar atento para todas as atividades abaixo da superfície, que poderia estar acontecendo ao seu redor.
Representa conscientização sobre as mudanças





Lynx

O lince foi concebido para ser o detentor dos segredos e dos conhecimentos ocultos. Podem ajudar com habilidades divinatórias e no desenvolvimento dos sentidos psíquicos. Às vezes, ele simboliza a necessidade de olhar mais profundamente dentro de si mesmo e ver o que está oculto.
Representam adivinhação / sentidos psíquicos




Magpie

A pega envolve os negócios, os presságios e profecias e os mistérios da vida e da morte.
Representam profecia / presságios







Mouse

O rato é freqüentemente mencionado no folclore celta. Em uma história sobre galês Manawydan e Pryderi, um rato é retratado como a forma que a mulher do mago Llwyd assumiu. O rato representa a capacidade de se esconder em momentos de perigo. Sua aparência, muitas vezes é sinal de necessidade de prestar atenção aos pequenos detalhes, como as letras miúdas nos contratos ou o duplo sentido das palavras.
Representam os segredos / astúcia / timidez





Otter

As lontras eram consideradas pelos Celtas por serem criaturas extremamente mágicas. Os viajantes eram muitas vezes utilmente ajudados em suas viagens por lontras. Elas foram concebidas por serem protetores fortes, que ajudam na conquista da sabedoria, encontrando tesouros interiores ou talentos valiosos. Simbolizam a capacidade de desfrutar um pouco do que simplesmente suportar a vida.
Representam fidelidade / família / o poder de recuperar da crise / sabedoria / intuição





Owl

As corujas são mais frequentemente associadas com o aspecto Anciã da Deusa. “A palavra coruja “Cailleach em meio os Scottish Gaelic”.” Muitas vezes, é um guia através do submundo. A coruja é uma criatura de visão aguçada no escuro, assim como também é um caçador rápido e silencioso. As corujas ajudam a desmascarar aqueles que enganam ou tiraram proveito. Representam sabedoria / paciência / visão aguçada / mudança

5 comentários:

  1. Olá Hylanna,

    Vc acaba de receber o prêmio "Esse Blog Vale à Pena", pelo blog Metamorfose Ambulante.
    Para pegar a imagem do sêlo e colar em seu blog, envie seu endereço de e-mail para yvsaraiva@gmail.com

    A condição para colar esse sêlo em seu blog é simplesmente indicar outros 5 blogs preferidos...

    Parabéns, Yv.

    ResponderExcluir
  2. [o caminho não se procura; acontece a quem se aceita como seu próprio mapa]

    amikeco
    um imenso abraço, Hylanna

    Leonardo B.

    ResponderExcluir
  3. gostei muito do blog
    vc trabalha sempre com referenciais e bibliografia
    acho que isto é de extrema significancia
    parabéns :)

    ResponderExcluir
  4. Amei seu blog. Sou fascinada pela cultura celta e aqui achei preciosas informações sobre os totens.

    Parabéns

    ResponderExcluir
  5. bom lembrar dos irmãos^^
    mas faltou o sagrado LOBO!!!
    abraços. Belenos.

    ResponderExcluir